Decoração com móveis reciclados

Numa altura em que tanto já se falou sobre sustentabilidade, é curioso que a percentagem de pessoas que faz reciclagem e cuida adequadamente dos seus resíduos seja ainda muito baixa. Quer seja por pura preguiça ou por falta de acessibilidades, as pessoas “encostam-se” ao estilo de vida consumista e despreocupado com o meio ambiente.

E quando abordar este tema parece algo repetitivo e quase que desnecessário pela adesão cada vez mais reduzida, eis que surge uma nova ideia, ao alcance de qualquer pessoa – a decoração com móveis reciclados.

Em que consiste a decoração com móveis reciclados?

Não, fique descansada que não estamos a pensar aproveitar o lixo de casa. Se bem que em casos extremos pessoas tenham feito sofás a partir de pneus, o que vamos falar aqui hoje diz respeito a uma vertente mais “leve” da decoração com móveis reciclados.

Decoração com móveis reciclados

Decoração com móveis reciclados

Estamos a falar de aproveitar móveis antigos, de aproveitar materiais provenientes de fontes diversas e transformar tudo isso em algo novo. Por exemplo, a madeira de um antigo barril de vinho pode ser usada para fazer um banco ou uma pequena mesa de apoio. Para o fazer será necessário desmontar cuidadosamente o barril, limpar e tratar toda a madeira e depois jogar com as formas para fazer algo harmonioso.

A que estilos de decoração se pode aplicar?

No caso das peças de madeira, feitas de uma forma “perfeitamente imperfeita”, ou seja, de forma cuidadosa mas sem tentar a perfeição das superfícies ou das arestas, estamos a criar peças para ambientes mais rústicos, para casas de campo ou simplesmente para colocar no jardim.

Por outro lado, quando aproveitamos metais e fazemos algo com formatos mais geométricos e “futuristas” a melhor aplicação dessa peça será num ambiente moderno ou contemporâneo.

De forma geral, essas são as suas principais vertentes da decoração com móveis reciclados. Não significa que não poderá colocar estes móveis alterados em casas com outro tipo de decoração, mas será certamente uma tarefa mais complicada. Especialmente se, por exemplo, estivermos a falar de uma decoração clássica.

Partilhar