Hall de Entrada

Algumas vezes, a zona de entrada, os corredores e as escadarias da casa são um pouco desvalorizadas na altura da decoração. Isto, porque são vistos como espaços de passagem, sem grande importância nem necessidades de embelezamento. No entanto, e principalmente o hall de entrada, é o reflexo de quem vive na habitação, dos seus gostos e personalidades. É a primeira apresentação da casa e dos seus moradores a todos os visitantes.

hall entrada

Além das questões práticas (reservar um espaço para as chaves ou garantir um lugar para guardar chapéus «-de-chuva), a questão estética é essencial. Se o hall de entrada tiver uma dimensão razoável, pode puxar pela imaginação e colocar-lhe um cadeirão e alguns móveis (nunca o sobrecarregando, senão torna-se num local pouco prático). Ao contrário, se o espaço for pequeno, opte por peças minimalistas, que não o encham demasiado, mas que marquem a diferença.

É importante que o hall de entrada fique em sintonia com o resto da casa. A sua decoração deve seguir as mesmas linhas estéticas das divisões próximas e o ideal é que consiga transmitir a ideia de continuidade com o resto da habitação, principalmente se o espaço for muito pequeno. Isto pode ser conseguido por meio de um móvel da mesma cor ou que seja feito do mesmo material do mobiliário existente na divisão mais próxima. Outra alternativa é pintar as paredes do hall de entrada com uma cor igual às daquela ou colocar o mesmo tipo de pavimento.

São opções que fazem deste espaço parte integrante da casa.

Partilhar